The Feeting Room abre loja na Foz com roupa infantil e brunch

Mercado infantil e Negra Café são as grandes novidades naquele que é o terceiro espaço da startup portuguesa
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

A concept store portuguesa inaugura o seu terceiro espaço, onde se pode encontrar calçado, vestuário, joalharia, cerâmica e acessórios

Pela primeira vez, a The Feeting Room aposta em marcas de criança, com uma sala exclusivamente dedicada aos mais pequenos, e adiciona ao conceito o Negra Café, novo parceiro de restauração especialista em Brunch.

A mais recente localização fica em frente ao terminal da linha 1 do elétrico, no Passeio Alegre, uma zona mágica da cidade.

Em comum com as lojas já existentes na baixa do Porto e em Lisboa, este espaço tem o âmbito de promover criadores independentes e portugueses e já há muito que os fundadores Edgar Ferreira e Guilherme Pinto de Oliveira procuravam uma oportunidade para testar uma nova vertente do conceito.

A casa das marcas

Apelidado de “House of Labels”, o novo projeto baseia-se numa seleção de 36 marcas, cada uma com uma área exclusivo.

Além da coleção, cada expositor inclui também informação individual sobre cada uma das marcas.

Algumas delas são já parceiras de longa data da The Feeting Room, como o calçado das portuguesas JAK, Lemon Jelly, Nobrand e Sanjo, ou o vestuário de produção nacional da +351 e A-line, às quais se junta a recém-chegada Guaja.

A completar a seleção, encontram-se também as jóias de autor de nomes como Carolina Curado e Inês Telles, acessórios da wetheknot e da António, e artigos de decoração dos quais se destacam as garrafas reutilizáveis da Lund London, os jardins suspensos da Fiu ou a cerâmica da Anna Westerlund.

Edmmond Studios, FRNCH, Far Afield e Insane in the Rain são exemplos de algumas marcas internacionais que também se juntaram ao projeto.

  • The Feeting Room Foz
  • The Feeting Room Foz
  • The Feeting Room Foz
  • The Feeting Room Foz
  • The Feeting Room Foz
  • The Feeting Room Foz
  • The Feeting Room Foz
  • The Feeting Room Foz
  • The Feeting Room Foz
  • The Feeting Room Foz
  • The Feeting Room Foz
  • The Feeting Room Foz
  • The Feeting Room Foz
  • The Feeting Room Foz
  • The Feeting Room Foz
  • The Feeting Room Foz
  • The Feeting Room Foz

O quarto de brincar e… Brunch!

Uma das grandes novidades é uma divisão exclusivamente dedicada ao imaginário infantil.

Numa sala adequadamente colorida, a The Feeting Room dá a conhecer a roupa para criança e bebé da disruptiva Wolf & Rita, a solarenga Hey Soleil, ou a ecológica Barn of Monkeys.

Esta gama é completada pelas coleções de calçado da Dulis e da Pied Rougia, a cosmética para bebé da francesa Minois Paris, e acessórios decorativos como os peluches da Carapau e os candeeiros “faça-você-mesmo” da OWL Paperlamps.

Para criar uma experiência de descoberta mais rica, a The Feeting Room uniu-se ao Negra Café, que abrirá em breve um espaço de restauração nesta casa, onde serão servidos almoços, brunches, lanches e cocktails, dentro das especialidades que já lhe são reconhecidas nos seus outros espaços.

Nos dias de maior calor, estas refeições podem ser desfrutadas calmamente no agradável pátio interior, um espaço fluído onde a The Feeting Room planeia concretizar pequenos eventos e encontros no futuro.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Blog

Últimas novidades no Porto

Novo troço pedonal junto ao Rio Douro é inaugurado hoje

Vai reabrir o Infante Sagres: hotel histórico promove redescoberta da cidade do Porto

90% da área florestal em Gondomar será vigiada por cinco câmaras

Já é possível fazer Porto-Lisboa (e vice-versa) por 5,29€

Há um novo cowork na Baixa do Porto

Está em marcha a requalificação do Bairro dos Pescadores em Matosinhos

Os eventos a não perder no Porto neste fim-de-semana!

Hotel InterContinental Porto reabre com três noites ao preço de duas

Loja da Salsa no Porto tem tecnologia que desinfecta a roupa em 30 segundos

Escritórios com um aumento de 38% no volume de ocupação no Porto

ponte-d-luis-webook