Maia vai ter solução ecológica pioneira em Portugal

Equipamento será usado na aplicação de produto de base natural para controlo de vegetação infestante
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Investimento pela empresa municipal Maiambiente

Na procura contínua por soluções ambiental e socialmente mais sustentáveis, a Maiambiente, empresa municipal, investiu na aquisição de uma solução mais ecológica, pioneira em Portugal, para a aplicação de produto de base natural para controle de vegetação infestante, nos arruamentos do concelho da Maia.

Trata-se de um pulverizador, mais moderno e mais pequeno, redesenhado para ser acoplado numa viatura elétrica de menor dimensão, otimizando a aplicação em locais de difícil acesso, reduzindo as emissões de CO2 e de ruído e diminuindo o constrangimento no trânsito.

A tecnologia não é nova, mas a sua utilização neste tipo de aplicação é pioneira.

A bomba de muito baixa pressão, permite aplicar com maior exatidão e eficácia o produto, evitando a dispersão do mesmo e reduzindo a quantidade aplicada no solo.

Esta conjugação de fatores é mais um avanço, após a eliminação do glifosato nos serviços públicos no concelho, na procura de soluções alternativas mais ecológicas, mas também eficazes, que permitam a limpeza dos locais públicos.

Veja a sua aplicação no vídeo abaixo:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Blog

Últimas novidades no Porto

As corridas estão de volta com o “Matosinhos em Forma Running”

As “Happy Hour” mexicanas do Sicario estão de volta

Está em marcha a requalificação do Bairro dos Pescadores em Matosinhos

O Burguês Fidalgo estreia-se na próxima semana no Teatro Carlos Alberto

Hotel InterContinental Porto reabre com três noites ao preço de duas

Há um novo cowork na Baixa do Porto

Reciclagem é o tema do próximo Dominguinhos Online

Escola das Artes da Católica Porto organiza sessões online e visitas virtuais

Porta-Jazz está de volta com um programa de concertos ao ar livre

Escritórios com um aumento de 38% no volume de ocupação no Porto

ponte-d-luis-webook