Livraria Lello abre portas com acesso gratuito

Visitas Acompanhadas das 11 às 19h, a cada 45 minutos, de quarta a domingo, com início no dia 30 de maio: Com lotação de 10 pessoas, divididas em dois grupos, inscrições de semana a semana.
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Livraria Lello abre as portas sábado, dia 30, com São João dos Livros: acesso gratuito no mês da cidade

Ainda antes de ser recomendado pelo Município ou pelo Governo, já a Livraria Lello havia abdicado de ter as portas abertas aos leitores que, há 114 anos, a procuram ininterruptamente, e que assim se mantiveram, abertas, durante três revoluções nacionais (Instauração da República, Revolução Sidonista e Instalação do Estado Novo e Revolução Democrática de Abril), duas Guerras Mundiais, uma Guerra Colonial e a Revolução de Abril, que nos fundou como democracia que provou sê-lo, mesmo em Estado de Emergência.

A Lello foi a primeira Livraria a abrir um postigo para a cidade, o Drive-Thru da Livraria Lello, tendo recebido, mesmo em tempos de pandemia, centenas de leitores diariamente, com um total de mais de 10.000 livros oferecidos, todos eles editados pela Livraria Lello, e todos eles, ainda, poderosas metáforas dos tempos que vivemos, como o manual bélico “A Arte da Guerra”, de Sun Tzu; fábulas para todas as idades como “Peter Pan”, de J. M. Barrie; clássicos da literatura moderna como “Moby-Dick” de Herman Melville; ou ainda toda a poesia da “Antologia Poética” do poeta com vários poetas dentro, Pessoa. 

Celebrar o São João o mês inteiro

À imagem da cidade, também a Livraria Lello cerrou, e cerra, os dentes e fez do seu encerramento um prenúncio da sua reabertura. Se antes ofereceu e não vendeu os livros que edita, agora, a partir de 30 de maio e durante todo o mês que celebra o Porto, o mês de junho, abre as portas à cidade com entrada gratuita, visitas guiadas personalizadas e capacidade limitada ao estrito cumprimento de todas as normas de segurança sanitárias recomendadas pela Direção Geral da Saúde.

Em junho não há São João nas ruas, mas há, desde o fim da semana que antecipa a celebração do dia da criança, São João todos os dias na Livraria Lello, fazendo dos livros uma festa coletiva da cidade e dos portuenses de todas as idades. Os livros, através das suas letras e das ideias e histórias que nos contam, dão-nos aquele “olá, que bom ver-te bem” com aquele sorriso sentido com que mesmo todo o Porto sai à rua na sua noite. 

Durando tanto como a longa noite de São João, o São João dos Livros durará 8h, mas durante o dia, das 11 às 19h. De 45 em 45 minutos um livreiro da Livraria Lello falará como só eles sabem da nossa Livraria e dos nossos livros, com toda a memória dos nossos 114 anos e sempre com toda a ilusão eterna e irrevogável da literatura. Estas visitas inteiramente gratuitas e personalizadas serão organizadas, para cada marcação, em grupos de 10 pessoas divididos em dois grupos, pelo que todos podem marcar o seu regresso à Livraria Lello aqui: https://www.livrarialello.pt/pt-pt/reabertura-ao- publico-a-trinta-de-maio

Os detalhes

Presentes nesta publicação

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Blog

Últimas novidades no Porto

De Gaia para o mundo: a Dashi tem os acessórios mais irreverentes para o seu animal

Maus Hábitos traz comédia para a mesa, novos concertos, exposições e improvisos

Jazz no Parque de Serralves está de volta

Arte urbana em Matosinhos ganha destaque internacional

Banco Alimentar do Porto faz “Festa da Partilha” por todo o distrito

The Feeting Room abre loja na Foz com roupa infantil e brunch

Israelitas investem 180 milhões em novos hotéis e habitações em Gaia

Sócios-Embaixadores com visita gratuita no Tour FC Porto

A Ópera está de volta ao Coliseu

Estudantes do Porto até aos 18 anos vão ter transporte gratuito

ponte-d-luis-webook