Trabalhadores do Comércio sobem ao palco virtual do Museu FC Porto

Mundo Segundo, Slimmy e o guitarrista Saul Davies, dos James, são outros nomes já associados a uma autêntica ‘playlist’ de ânimo social.
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Banda portuense #FicaEmCasa a combater a Covid-19 e mata a sede dos fãs com versão bem caseirinha de um tema clássico.

Os Trabalhadores do Comércio também já estão na playlist de mensagens de solidariedade, ânimo e consciencialização pública que o Museu FC Porto partilha no âmbito do apelo global #FicaEmCasa. Vários artistas estão a associar-se a esta a iniciativa divulgada nas redes sociais Instagram (https://www.instagram.com/museufcporto/) e Facebook (www.facebook.com/MuseuFCPorto) do Museu, e a banda portuense sobe agora ao mesmo palco virtual por onde já passaram, nas últimas semanas, os portugueses Mundo Segundo e Slimmy e o inglês Saul Davies, guitarrista dos James, que interpretou o tema “Many Faces”(https://www.fcporto.pt/pt/noticias/20200407-pt-saul-davies-dos-james-canta-pela-esperanca-nas-redes-do-museu-fc-porto), tema do último álbum do grupo de Manchester, mas que também é nome e hino de uma campanha internacional pela igualdade, apresentada e lançada este ano pelo FC Porto, juntamente com a célebre banda rock britânica. Carregadas de portistas e com genuíno espírito de Dragão, estas mensagens expressam a importância de mantermos firme o combate à Covid-19.

Nas palavras dirigidas a todo o público através do Museu FC Porto, Sérgio Castro, vocalista e membro fundador dos Trabalhadores do Comércio, concretiza um pensamento forte sobre o momento que todos atravessamos. Além de sublinhar a importância do cumprimento das medidas aconselhadas pelas autoridades de saúde, a mensagem encerra um apelo à coragem: “Não deixem que o medo tome conta de vocês! Temos de estar fortes de corpo e de mente”.

À declaração de Sérgio Castro, os Trabalhadores do Comércio quiseram associar a versão do tema “Binhu Garrafas de Binho” que os elementos da banda gravaram, por estes dias, em pleno confinamento domiciliário. Todos separados, diluíram as distâncias com recurso à tecnologia e o resultado é um vídeo novo de um tema clássico, que mata a sede da criatividade histórica da banda e deixa água na boca para os dias da normalidade que nos espera. Até lá, é sempre bom ver e rever os Trabalhadores do Comércio, que já passaram pelos serões de entretenimento puro do Museu, como convidados do Dar Letra à Música, assim como Mundo Segundo (a solo e com os Dealema).

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Blog

Últimas novidades no Porto

The Yeatman celebra o São João à mesa

Mupis do Porto acolhem 48 obras de vários artistas

A Ópera está de volta ao Coliseu

Porta-Jazz está de volta com um programa de concertos ao ar livre

Ir ao Museu FC Porto em julho a passar pela Baixa

“Outros Portos – Outros Olhares”: uma exposição para refletir a mulher como sujeito político

Mercadona vai abrir nova loja no Distrito do Porto

Programação do Centenário “junta” três diretores artísticos do TNSJ

Galp Beach Party volta em 2021 com Martin Garrix e Karetus

ponte-d-luis-webook