Teatro Municipal do Porto volta em setembro com todos os espetáculos adiados entre março e julho

São 22 os espetáculos e concertos que estavam agendados para esse serão integrados na próxima temporada 2020/2021
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Depois da suspenção de toda a programação, o Teatro Municipal do Porto assume “a totalidade dos compromissos com artistas e companhias”, retomando a sua atividade em setembro.

O Teatro Municipal do Porto (TMP) suspendeu a programação entre março e julho, e esta segunda-feira informa que irá retomar a sua atividade em setembro de 2020.

São 22 os espetáculos e concertos que estavam agendados para esse serão integrados na próxima temporada 2020/2021, “salvaguardando assim o reagendamento de toda a programação anunciada e indo ao encontro das expectativas dos artistas e do público”.

À boleia do Trengo – Festival de Circo do Porto, as peças “Ready”, da companhia de circo contemporâneo Erva Daninha (18 e 19 setembro de 2020), e “Pour le meilleur et pour le pire”, de Cirque Aital (30 de junho de 2021) serão alguns espetáculos com novas apresentações.

Pode consultar aqui as novas datas para todos os espetáculos.

“A preocupação do Teatro Municipal do Porto é (e será sempre) o trabalho desenvolvido pelos artistas, garantindo neste momento complicado das suas vidas os compromissos previamente acordados e salvaguardando que o seu trabalho artístico possa ser apresentado, num futuro próximo, nas melhores condições possíveis. O TMP procura, assim, dar as ferramentas necessárias para que o processo de criação possa continuar, num diálogo direto e cúmplice com artistas, companhias, parceiros e público”, afirmou Tiago Guedes, diretor artístico do Teatro Municipal do Porto.

Os ciclos mensais da programação do TMP, como por ex. as Quintas de Leitura, Modos de Ocupar e Cafés Literários, assim como os projetos desenvolvidos em parceria com a Matéria Prima, Lovers and Lollypops e Amplificasom (Understage), Companhia Instável (Palcos Instáveis), Medeia Filmes (Ver Primeiro), Universidade Lusófona do Porto (Olhares da Terra) e Curso de Música Silva Monteiro (Novos Talentos), continuarão a sua programação regular a partir do mês de setembro, tal como todas as atividades paralelas aos espetáculos.

Tiago Guedes referiu à Lusa que os “reagendamentos não vão fazer com que a próxima temporada seja mais pesada”, ainda que seja uma “temporada atípica” com “mais alguns espetáculos face ao que teria”, contando que o TMP procurou “fazer um corte e cose grande”.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Blog

Últimas novidades no Porto

Preparados? A 7ª edição do Rally Fish vai começar

Continental Corrida de S. joão correu-se no mundo virtual

Este verão há Jantar à Luz das Estrelas na Casa da Calçada

Reciclagem é o tema do próximo Dominguinhos Online

CM Porto tem 4 atividades gratuitas e ao ar livre para crianças em Julho

Estudantes do Porto até aos 18 anos vão ter transporte gratuito

São João no VINUM com tradição e em segurança

Feiras e mercados do Porto vão reabrir

Feira do Livro do Porto vai ter 120 pavilhões com mais de 80 entidades participantes

Já abriu o Boeira Garden Pop-Up Restaurant

ponte-d-luis-webook