Queima das Fitas cancelada

O anúncio foi feito ao início da noite desta terça-feira (17).
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

A edição deste ano da Queima das Fitas do Porto, que teria o seu início no dia 3 de maio, foi cancelada devido ao novo coronavírus.

Segundo a Federação Académica do Porto (FAP), em comunicado, o regresso daquele que é um dos maiores eventos da cidade Invicta dar-se-á apenas em 2021.

O presidente da FAP, Marcos Alves Teixeira, refere que, até ao momento, “a organização da Queima das Fitas do Porto decorreu sempre dentro da normalidade, mas sempre acompanhada por uma avaliação de risco, quer do ponto de vista logístico quer do ponto de vista social”.

Face ao aumento da incerteza e escassez de alternativas, a decisão foi mesmo a de cancelar o evento. “Agravou-se o grau de incerteza para cenários alternativos, por via de falta de hipóteses significativas para novos calendários académicos. Esgotou-se, por isto, o tempo para adiar a tomada de decisão”.

A FAP esclarece que o cancelamento foi decidido “com o apoio das suas Associações de Estudantes” e é “resultado de uma decisão ponderada, conjunta e tomada depois de esgotados todos os cenários de alternativa”.

“O dever de sermos um exemplo, de sermos cuidadores de nós e dos outros e de sermos jovens sem medo de fazer o certo mesmo quando é o mais difícil. Esta decisão é o mote para dizermos presente quando mais precisam de nós”, sublinha, apelando à necessidade de os estudantes da Academia do Porto ficarem em casa.

Petição tenta reverter a decisão da FAP

Entre os estudantes, circula uma petição, na internet, para agendar a Queima para o verão deste ano, em vez de a cancelar totalmente. Os signatários pedem que os festejos se realizem após a época de exames.

No texto da petição, os estudantes sugerem que “seria uma injustiça privar os estudantes caloiros e finalistas das suas primeira e última queima, tendo este evento tanto peso” nas memórias académicas.

A FAP justifica o cancelamento com o “cenário de incerteza de quando poderá ser retomada a atividade letiva, de quais serão os novos calendários académicos”.

Não perca nada

Últimas novidades no Porto

mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • chat
    Adicione um Comentário