Boi Velho: o que faz desta a “melhor carne do mundo”?

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

As Jornadas Gastronómicas do Boi Velho de Trás-os-Montes, um dos pontos altos do calendário gastronómico do Porto, estão de regresso ao VINUM Restaurant & Wine Bar. O evento prolonga-se até 9 de dezembro (ou pelo menos enquanto as quantidades limitadas destas carnes o permitirem).

Durante as próximas três semanas, o VINUM Restaurant & Wine Bar, inserido nas emblemáticas Caves Graham’s, na encosta de Vila Nova de Gaia, recebe um dos eventos mais aguardados do Porto.

A sexta edição das Jornadas Gastronómicas do Boi Velho de Trás-os-Montes destaca-se pela qualidade excecional das carnes disponíveis e pela recuperação de uma tradição do Norte de Portugal que enfrenta, ano após ano, risco de extinção.

A iniciativa é da responsabilidade da Sagardi, grupo basco com mais de 25 anos de experiência que detém o VINUM Restaurant & Wine Bar. Reconhecidos em todo o mundo pela paixão pela carne, ou, como gostam de lhe chamar, pelo “txuleton”, têm como missão levar a sua filosofia e cultura pelos quatro cantos do mundo, dando a provar carnes de excecional qualidade de forma simples e franca.

Imanol Jaca, um dos maiores especialistas em carnes bovinas do mundo, é um dos protagonistas de todo o processo. É ele que, juntamente com a equipa da Sagardi, percorre várias aldeias do Norte de Portugal e da Galiza à procura de animais raros, em termos de peso e idade. Entre os rigorosos critérios de seleção dos animais estão a alimentação e os cuidados que receberam desde o dia em que nasceram.

De acordo com o especialista “passamos meses a conhecer vários pequenos produtores à procura de animais que tenham, acima de tudo, uma vida longa e feliz. Por esse motivo, a nossa principal preocupação, além da idade, que deverá andar nos 12 anos, é a alimentação que foi dada ao animal. Privilegiamos a ingestão de alimentos como nabos, repolhos ou cenouras da terra, em complemento ao pasto natural. Por isso, é um privilégio poder depois trabalhar estas carnes a dá-las a provar. São, para nós, as melhores carnes do mundo e isso deve-se, indiscutivelmente, à sua origem.”

O resultado são carnes de cor viva, com sabores limpos a terra, leite e pasto que nos provocam o paladar e pedem repetição. Dada a sua autenticidade, a confeção quer-se simples, pouco interventiva e com algumas regras. Após uma maturação curta, de cerca de vinte dias, as carnes serão tratadas com rigor, desde o corte à confeção, sem nenhum tipo de tratamento adicional. Aqui o objetivo é preservar o sabor limpo das carnes, que, por mérito próprio, assumem um papel principal no evento.

À semelhança da edição passada, estarão disponíveis dois menus durante o evento: um com o disputado “txuleton” de boi velho, marcado por quantidades muito limitadas, ou o alternativo “txuleton” de vaca velha, um clássico de todo o ano no VINUM. Ambos serão acompanhados por produtos da época e harmonizados pelos vinhos da Symington Family Estate.

Dada a escassez do produto, recomenda-se reserva antecipada através do 220 930 417 ou reservas@vinumatgrahams.com.

Durante as próximas três semanas, o VINUM Restaurant & Wine Bar, recebe um dos eventos mais aguardados do Porto
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Blog

Últimas novidades no Porto

ponte-d-luis-webook