1 mês atrás

História da igreja mais antiga do Porto é revisitada no verão de São Martinho

Na semana em que se revivem as tradições de São Martinho, a sessão do ciclo municipal Um Objeto e seus Discursos por Semana escolheu revisitar a Igreja Românica de Cedofeita, dedicada precisamente a este santo.


A Igreja de São Martinho de Cedofeita é considerada a mais antiga igreja do Porto (com cerca de 1500 anos) e a segunda mais antiga do país, só precedida pela Sé de Braga, cuja edificação remonta há 2000 anos.

A primitiva construção, provavelmente do período suevo, estará ligada à origem toponímica local. Segundo a lenda, o templo foi construído com tal rapidez que era referido como Cito Facta, que significa Feito Cedo, expressão que derivou em Cedofeita.

Ainda que as fontes documentais sejam insuficientes para o provar, será também deste período a invocação de São Martinho, a quem o rei suevo Teodomiro terá dedicado a igreja, após a cura do seu filho em presença das relíquias do santo.

A construção hoje existente foi alvo de sucessivas transformações ao longo dos séculos, mas a sua fase plenamente românica data da viragem para o século XIII. Assume grande importância no contexto da História da Arte, ao ser um dos primeiros monumentos românicos do Norte a repetir o formulário escultórico e iconográfico coimbrão. Desde 1910, a igreja é Monumento Nacional.

Desta feita, os guias da "viagem no tempo" serão as historiadoras de arte Maria Leonor Botelho e Sara Rocha, numa sessão moderada por Elvira Rebelo, igualmente historiadora de arte e diretora de Serviços de Bens Culturais da Direção Regional de Cultura do Norte.

Como habitual, a conversa vai decorrer no próximo sábado, dia 17, às 18 horas, naquele templo cristão localizado no Largo do Priorado.

A Igreja de São Martinho de Cedofeita tem lotação de 80 lugares. A participação tem um custo de 2 euros e o bilhete pode ser adquirido em www.bilheteiraonline.pt (link direto: https://bit.ly/2zarVpk) ou nos locais habituais.


Igreja de São Martinho de Cedofeita
Deixe o seu comentário

Registe-se para comentar!

Precisa de estar registado para poder fazer comentários. Faça login ou registe-se gratuitamente, no webook® Porto. Se preferir, pode usar a sua rede social para fazer o login.

Anúncio