Saint-Exupéry e Camilo Castelo Branco ganham vida na Livraria Lello

Dois distintos autores que se cruzam no real-imaginário da Livraria Lello

O que une Antoine de Saint-Exupéry a Camilo Castelo Branco, muito além da literatura, é a paixão e o carinho que cada um colocou nestas duas grandes obras literárias – O Principezinho e Amor de Perdição – que ganham agora destaque com duas grandes exposições, possíveis de visitar dentro e fora da mais bela livraria do mundo até dia 15 de novembro.

Na bela fachada neogótica encontram-se duas montras, cada uma distinta referência ao livro Amor de Perdição. Se numa encontramos uma grade, alusiva às grades da Cadeia da Relação, com um coração em néon que é uma declaração do amor intenso vivido entre as duas personagens do livro, Simão e Teresa; a outra mostra a primeira edição do livro de Camilo Castelo Branco, assinado pelo autor, e que pertence ao espólio de livros raros e antigos da Livraria Lello.

No primeiro piso da Livraria, onde até 30 de setembro estiveram em exposição livros ilustrados de Joan Miró – um acervo exposto pela primeira vez em Portugal e pela segunda em todo o mundo – encontramos agora em exposição duas primeiras edições do Principezinho, em inglês e em francês, assinadas pelo autor francês Antoine de Saint-Exupéry.

Da edição francesa foram feitas apenas 260 cópias e da edição inglesa 525. Duas edições que a Livraria Lello orgulhosamente guarda na sua coleção de livros raros e antigos na Sala Gemma, o espaço dentro da Livraria dedicado a este tipo de obras.

Estas duas novas exposições da Livraria Lello apresentam-se a partir de 3 de outubro, substituindo “Formas artísticas: livros ilustrados por Joan Miró” e “Pele de Embrulho” da portuense Rute Rosas. Durante a sua permanência, estas duas exposições foram vistas por mais de meio milhão de pessoas.

O Principezinho e Amor de Perdição em destaque na Lell

Partilhar:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • chat
    Adicione um Comentário