2 meses atrás

Acabaram-se as "borlas": turistas do Porto já pagam taxa de 2 euros por dia

Desde 1 de março que os turistas nacionais e estrangeiros que pernoitem em empreendimentos turísticos ou estabelecimentos de alojamento local do Porto terão de pagar uma taxa de 2 euros.


A Taxa Municipal Turística do Porto entrou em vigor e equipas da Câmara estão no terreno para apoiar as unidades hoteleiras e de Alojamento Local na sua aplicação.

A taxa turística do Porto surge para “mitigar o impacto da pegada turística” na cidade, definiu a autarquia.

O regulamento, entretanto publicado e que também se aplica à plataforma online de alojamento Airbnb, define que o montante é devido “por hóspede com idade superior a 13 anos”, “por noite” e até “um máximo de sete noites seguidas por pessoa ou estada, independentemente de reserva (presencial, analógica ou via digital)”.

Ficam isentos do pagamento os hóspedes cuja estada “seja motivada por tratamentos médicos, estendendo-se esta não sujeição a um acompanhante”, bem como a hóspedes com incapacidade igual ou superior a 60%.

Segundo a proposta aprovada pela Câmara, a taxa não se aplica “às reservas comprovadamente efetuadas antes” de 1 de março e é cobrada aos hóspedes no final da estada.

O presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira (independente), assegurou em 20 de dezembro que a taxa, cuja receita anual prevista é de seis milhões de euros, servirá para “mitigar o impacto da pegada turística” na cidade e não para investir no setor.


A Câmara promoveu “uma análise dos encargos” com os turistas da cidade, tendo concluído que, em 2016, teve “custos superiores a 3,5 milhões de euros” com esta atividade
Deixe o seu comentário

Registe-se para comentar!

Precisa de estar registado para poder fazer comentários. Faça login ou registe-se gratuitamente, no webook® Porto. Se preferir, pode usar a sua rede social para fazer o login.

Anúncio