Fantasporto: Documentário retrata história e trabalho da Operação Nariz Vermelho

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

No âmbito do Festival Internacional de Cinema do Porto, antestreia mundial a 3 de março, entre as 15h30 e as 17h00, no Teatro Municipal Rivoli

A festa do cinema está de regresso à Invicta, com a 38ª edição do Festival Internacional de Cinema do Porto – Fantasporto, que decorre de 20 de fevereiro a 4 de março.

Do vasto programa, destaque para “Doutores Palhaços”, um dos três filmes em antestreia mundial e que estará em competição com outros candidatos ao Prémio do Cinema Português.

A película retrata o trabalho da Operação Nariz Vermelho (ONV), fazendo uma viagem ao seu percurso de missão, desde a sua fundação, em 2002, até aos dias de hoje. A exibição tem lugar a 3 de março, entre as 15h30 e as 17h00 e terá como palco o Teatro Municipal Rivoli.

Com a realização de Bernardo Lopes e Hélder Faria, autores do argumento juntamente com João Fonseca, “Doutores Palhaços”conta com aprodução da Força Maior e dá conhecer a importância destes artistas profissionais no contexto hospitalar.“Onde o sofrimento impera, os Doutores especialistas em Sorrisos, avivam a esperança e aliviam a dor aos pacientes, familiares e ao corpo clínico dos hospitais. Quisemos acompanhar estes profissionais da arte de fazer sorrir numa busca interior: trazer felicidade a quem mais precisa.”, destacam os realizadores.

“Doutores Palhaços” percorre uma linha temporal, que começa no ano de fundação da Operação Nariz Vermelho, altura em que Beatriz Quintella, a Dra. Da Graça, propôs ao Hospital D. Estefânia levar a sua personagem de palhaço às crianças, até aos dias de hoje, onde a ONV marca presença semanal em 15 hospitais, através de 26 artistas, que espalham alegria e felicidade junto das crianças, familiares e profissionais de saúde. É neste período, no qual a ONV se impôs enquanto instituição de referência do trabalho artístico nos hospitais, que se concentra o argumento, havendo também alusão a outras instituições que a nível internacional efetuam o mesmo tipo de trabalho solidário.

Para diretora de comunicação da ONV, Magda Morbey Ferro, a essência deste documentário está no papel que exerce um Doutor Palhaço no momento em que visita uma criança hospitalizada, que para a responsável “requer várias ferramentas, tais como saber improvisar, tornar o ridículo aceitável, trabalhar com nada e também saber desconstruir a realidade. Quando um palhaço entra num hospital é algo tão inesperado que, desde logo, transporta as pessoas para um espaço mágico, onde tudo é possível. O documentário reproduz fidedignamente essa realidade.” acrescenta.

Filme “Doutores Palhaços” de Bernardo Lopes e Hélder Faria em competição no “Fantas” deste ano
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Blog

Últimas novidades no Porto

Programação do Centenário “junta” três diretores artísticos do TNSJ

Já reabriu o Vogue Café Porto: um pátio-refúgio em plena baixa do Porto

As corridas estão de volta com o “Matosinhos em Forma Running”

Uber Eats passa a estar disponível 24h por dia no centro do Porto

Novo troço pedonal junto ao Rio Douro é inaugurado hoje

O Fado está de regresso ao Maus Hábitos

O World of Wine está quase a abrir em Gaia

Escola das Artes da Católica Porto organiza sessões online e visitas virtuais

Os eventos a não perder no Porto neste fim-de-semana!

ponte-d-luis-webook