1 ano atrás

Concurso de arquitetura lançado por Serralves já tem vencedores

Serralves anunciou os vencedores do concurso de Arquitetura para conceção de um pavilhão expositivo que possa ser instalado em vários locais da Região Norte e do restante território, para suprir as lacunas que por vezes existem ao nível de espaços expositivos.


O primeiro classificado do concurso é o projeto apresentado pelo atelier de arquitetura AND-RÉ / Bruno André & Francisco Ré, que se caracteriza pela possibilidade de associação de espaços expositivos com propriedades distintas (diferentes áreas, alturas, comprimentos, larguras ou iluminação) e que, pela conjugação de vários elementos, permite a criação de um conjunto dinâmico, simultaneamente formal e funcional, que se vai alterando e adaptando aos vários contextos, criando em cada caso um edifício novo.

Em segundo e terceiro lugares ficaram os projetos de Murmuro Colectivo eSamuel de Brito Gonçalves, respetivamente.

O júri do concurso foi constituído por Ana Pinho, Presidente da Fundação de Serralves, Suzanne Cotter e Carles Muro (arquiteto), em representação da Fundação de Serralves, João Pedro Serôdio (arquiteto), em representação da FAUP, Álvaro Leite Siza Vieira (arquiteto), em representação da OASRN, com os membros suplentes João Ribas, em representação da Fundação de Serralves, João Paulo Loureiro (arquiteto), em representação da FAUP, Fernando Jorge Garcia Pereira (arquiteto), em representação da OASRN. O júri destacou “a diversidade de soluções arquitetónicas e construtivas apresentadas como resultado do exercício criativo promovido, bem como a possibilidade de se equacionarem diferentes respostas a questões levantadas pelo desafio colocado de se proporcionar a realização de exposições de arte em diferentes contextos territoriais”.

Este concurso surge no âmbito do projeto “Arquitetura 3.0 – Promoção de Novos Modelos de Internacionalização”, financiado pelo Norte 2020, que Serralves está a levar a cabo e que tem como objetivo primordial promover a divulgação e o reconhecimento da arquitetura portuguesa no mundo.

Lançado por Serralves com o apoio da Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto e da Secção Regional do Norte da Ordem dos Arquitetos, o concurso de Arquitetura para conceção de um pavilhão expositivo tem como principais objetivos dinamizar a criação de novos projetos criativos, a partir de uma abordagem inovadora, que estimule novas soluções para responder a carências e explorar oportunidades em contexto urbano, impulsionando novas competências humanas e capacitando os recursos locais.

Com a conceção do pavilhão pretende-se contribuir para a disseminação da cultura e da arte, tornando-a acessível a um público mais alargado, designadamente através da promoção de exposições da Coleção de Serralves em vários pontos do país, em consonância com o que já é prática da Fundação.

Uma seleção das propostas de arquitetura recebidas e que ficaram melhor classificadas está em exposição na Fundação de Serralves. A mostra, com o título “Work in Progress”, pode ser visitada até ao próximo dia 24 de fevereiro.

Imagens do projeto vencedor e da exposição de projetos podem ser descarregadas aqui.


O primeiro classificado do concurso é o projeto apresentado pelo atelier de arquitetura AND-RÉ / Bruno André & Francisco Ré
Deixe o seu comentário

Registe-se para comentar!

Precisa de estar registado para poder fazer comentários. Faça login ou registe-se gratuitamente, no webook® Porto. Se preferir, pode usar a sua rede social para fazer o login.

Anúncio