Gilberto Gil, Nando Reis e Gal Costa juntos no Coliseu do Porto

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

O projecto musical que fez muito sucesso no Brasil, Trinca de Ases, que junta Gilberto Gil, Nando Reis e Gal Costa estreia em Portugal já em Março

Gilberto Gil, o rapaz maduro calejado pela idade, Nando Reis é o menino impetuoso e viril. Gal Costa, a moça. Gil compôs a canção “Trinca de Ases” pensando nessas ‘imagens-fantasia’.

“Trinca de Ases” é a música inédita de Gil, que batizou o trio, são assim “Três mosqueteiros, três patetas, três poetas da canção”, como descritos no verso da mesma, juntaram-se não só para celebrar a história de cada um, como também para cantarem os novos temas que nasceram deste feliz encontro, estream-se em Portugal com dois concertos, 9 de Março no Campo Pequeno e 11 de Março Coliseu Porto.

O projecto musical nasceu como uma homenagem ao centenário de Ulysses Guimarães (um dos principais opositores à ditadura militar brasileira), idealizada pelo jornalista brasileiro Jorge Bastos Moreno, e nasceu apenas com as vozes do trio e dos seus violões. Deste feliz encontro nasce um espetáculo intimista que ganhou uma nova cara. Houve um identificação musical e uma química que funcionou entre os três artistas.

Depois de se estrear-se em São Paulo e Rio de Janeiro em agosto de 2017, foram várias as cidades por onde passou, chega finalmente a Portugal em Março para dois concertos inéditos com um repertório de músicas inéditas e sucessos.

Trinca de Ases, uma tripla de sucesso

Um espectáculo de fascínio mútuo

O diálogo dos violões de Gil e Nando, e a voz de Gal criam uma união, para além de estarem os três a tempo inteiro no palco, e em todas as formações vocais possíveis (trios, duetos e solos), contam apenas com o reforço de dois grandes músicos: o baixista pernambucano Magno Brito e o percussionista baiano Kainan do Jêjê.

Este é um espectáculo de fascínio mútuo e empatia e a comunicação entre artistas é notória, onde Gal reconhece a descendência (“Nando é nosso filho”, brinca).

Com Gil, o “pai”, Gal tem uma longa lista de parcerias: o espectáculo “Nós, por exemplo” (1964); o álbum-manifesto “Tropicália ou Panis et circensis” (1968); a turnê dos Doces Bárbaros (1976); o espectáculo em Londres (gravado em 1971, mas editado em disco só em 2014).

Nando é o “menino impetuoso”,(cuja voz de Gal traçou os contornos da sua música) o elemento novo nesta equação que chega como catalisador, um impulsionador para outros caminhos – este é um espetáculo com a direção musical do trio e assessoria artística de Marcus Preto, que dirigiu Gal em “Estratosférica”.

“Trinca de ases” ganha não só quando lança as antigas e infalíveis canções dos repertórios dos três craques da música popular, como também, a base são as obras sólidas de Gil e Nando, revividas com as tramas dos violões dos artistas. A audácia de três mosqueteiros, a leveza de três patetas, e a grandeza de três poetas – “Trinca de Ases”, em concerto, chega finalmente a Portugal já em Março.

Trinca de Ases estreia em Março este ano
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Blog

Últimas novidades no Porto

As corridas estão de volta com o “Matosinhos em Forma Running”

De Gaia para o mundo: a Dashi tem os acessórios mais irreverentes para o seu animal

O Noshi tem uma carta nova com alternativas saudáveis e happy hour de sangria

Está em marcha a requalificação do Bairro dos Pescadores em Matosinhos

Porto PianoFest está de volta em Agosto

Município de Gondomar tenta baixar o preço da água

“Verão Vila do Conde 2020” leva animação aos equipamentos municipais

Vai reabrir o Infante Sagres: hotel histórico promove redescoberta da cidade do Porto

Novo troço pedonal junto ao Rio Douro é inaugurado hoje

ponte-d-luis-webook