1 semana atrás

Liliana Guerreiro inaugura loja atelier no Porto

No ano em que celebra 15 anos de carreira, a designer portuguesa de joias abre o seu primeiro espaço em nome próprio, no nr. 129 da Rua do Rosário, no Porto.


Liliana Guerreiro abre portas da sua primeira loja, no Porto, onde apresenta as suas várias coleções, numa verdadeira antologia do seu percurso dedicado à joalharia contemporânea.

Localizado numa das principais artérias do “distrito das artes”, o espaço reúne loja e atelier, permitindo um contacto direto com a criadora.

No ano em que comemora 15 anos de carreira, muitos têm sido os motivos de celebração. Venceu o prémio de “Melhor Peça de Joalharia” em Munique, foi convidada a participar na mais luxuosa feira da Europa em Basileia e seguiu para Nova Iorque com a missão de representar a joalharia portuguesa naquele que é um dos mais conceituados eventos de joalharia contemporânea do mundo.

No desenlace do ano, Liliana Guerreiro concretiza um sonho antigo, a abertura de um espaço em nome próprio no Porto, onde alia a criação ao contacto com o público. “A loja é um espelho do meu percurso e do meu trabalho, refletindo a minha forma de ver e pensar a joalharia. É um projeto muito pessoal que encontrou agora o momento e o local certo.

O Porto sempre foi uma cidade muito dinâmica a nível artístico e cultural e o turismo veio trazer uma nova energia. Além disso, estamos próximos das raízes da ourivesaria portuguesa e das oficinas que preservam a nossa arte”, afirma a designer.


A Filigrana


Liliana Guerreiro encontrou na filigrana a sua base de criação. Trabalhando lado a lado com uma das mais experientes duplas de artesãos do país, estabelece um diálogo entre a mestria da arte e o design contemporâneo.

Do seu projeto filigrana emergiram sete coleções: Leveza, Fio, Elementos, Malha, Bocais, Cheio de Ramo e Estrutura.

Mas nem só em filigrana se tece o percurso de Liliana Guerreiro. Na coleção Cores, a designer explora a simplicidade e versatilidade da cor, sugerindo múltiplas conjugações.

E este ano, lançou duas novas coleções que retratam também a sua evolução enquanto criadora: Dew, a sua primeira coleção de alta joalharia, em ouro e diamantes, e a participação no projeto coletivo “Portuguese Jewellery – Serralves Special Edition”, inspirado no património arquitetónico do Museu e Casa de Serralves.


Na loja atelier de Liliana Guerreiro foi tudo pensado ao pormenor

Tudo ao pormenor


Com cerca de 20m2, a loja atelier foi pensada ao pormenor para evidenciar a arquitetura original do edifício, da autoria do arquito José Marques da Silva, e as coleções.

O estilo depurado, onde impera o branco, ilumina e amplia o interior, efeito acentuado pelo jogo de espelhos.

O mobiliário foi desenhado especialmente para o espaço pelo Atelier da Bouça, dupla de arquitetos do Porto.

Deixe o seu comentário

Registe-se para comentar!

Precisa de estar registado para poder fazer comentários. Faça login ou registe-se gratuitamente, no webook® Porto. Se preferir, pode usar a sua rede social para fazer o login.

Anúncio