A partir de hoje há um festival dedicado ao Jazz na Casa da Música

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

O festival da Casa da Música Spring On! é inteiramente dedicado aos valores emergentes do jazz, dura quatro dias e vai de Portugal à Escandinávia.

A partir desta quinta-feira, dia 4 e até domingo, 7, a festa, que servirá ainda de pontapé de saída para o festival Rito da Primavera (música clássica), mostra-nos algumas das propostas mais “desafiantes” do jazz atual, privilegiando os projetos de músicos europeus.

O Quarteto do vibrafonista Eduardo Cardinho abriu o Spring On!, com um concerto gratuito no Café Casa da Música, onde interpretou temas do seu álbum mais recente, Black Hole, considerado pela crítica como um dos discos do ano e bem recebido pelo público.

Em cada um dos restantes três dias, haverá duas bandas a atuar no palco da sala 2.

Na sexta, tens música improvisada dos Ararur (liderado por António Miguel Silva) a que se seguem o trio dos italianos Emanuele Maniscalco e Francesco Bigoni e do dinamarquês Mark Solborg.

Noruega e Portugal chegam à Casa da Música no sábado, dia 6, com os escandinavos Ballrogg e o novo projeto Ciranda, de Gileno Santana (trompete) e Inês Vaz (acordeão).

No domingo, dia 7, tens as novas tendências do jazz com a dupla francesa Watchdog, laureada do Jazz – Migration 2016/17, e o projeto Axes, onde se incluem as composições mais recentes de João Mortágua, músico diplomado da ESMAE – Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo, no Porto.

De quinta-feira, dia 4 até domingo, dia 7 tens o melhor do Jazz na Casa da Música
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Blog

Últimas novidades no Porto

Hotel InterContinental Porto reabre com três noites ao preço de duas

O Fado está de regresso ao Maus Hábitos

Os eventos a não perder no Porto neste fim-de-semana!

Porta-Jazz está de volta com um programa de concertos ao ar livre

Município de Gondomar tenta baixar o preço da água

Vai reabrir o Infante Sagres: hotel histórico promove redescoberta da cidade do Porto

O World of Wine está quase a abrir em Gaia

O Noshi tem uma carta nova com alternativas saudáveis e happy hour de sangria

De Gaia para o mundo: a Dashi tem os acessórios mais irreverentes para o seu animal

Há um novo cowork na Baixa do Porto

ponte-d-luis-webook