Estádio do Dragão passará a Estádio Jorge Nuno Pinto da Costa

A decisão terá sido tomada aquando da eleição do Presidente portista para o novo mandato em 2016 e mantida em segredo até agora

Foi há praticamente um ano que, no discurso de tomada de posse do seu atual mandato (2016/2020), Jorge Nuno Pinto da Costa referiu que “se irá falar menos” do emblema azul e branco.

Nessa altura terá confidenciado com a sua direção, em segredo, tratar-se do seu último mandato à frente dos “dragões”, precipitando uma votação, até agora desconhecida, da direção da SAD azul e branca no sentido de renomear o atual recinto do Futebol Clube do Porto, o Estádio do Dragão, para Estádio Jorge Nuno Pinto da Costa, já em 2020, como forma de homenagear o presidente pelo seu trabalho ao longo de décadas, tornando-se o presidente com mais títulos à frente de um clube de futebol.

A votação terá acontecido contra a vontade do presidente portista que, como se sabe, batizou o recinto com o seu nome atual.

Nota de edição: noticia fictícia de 1 de abril (dia das mentiras).

O estádio projetado pelo Arquiteto Manuel Salgado foi inaugurado a 16 de novembro de 2003, e tem uma capacidade para 50 434 espetadores.

Comentários

mood_bad
  • Ainda sem comentários
  • chat
    Adicionar comentário