Os 6 expositores do Pink Market que vais querer conhecer

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

É um dos mercados urbanos com maior registo de edições na cidade do Porto, conta com quatro anos de existência e já tem uma identidade própria que os portuenses reconhecem. Quem já o visitou pode pensar que o seu nome estará relacionado com o de uma das organizadoras, a Rosa Viana, mas, na verdade, o Pink Market, o principal evento do Pink Movement, deve o seu nome ao facto dos primeiros participantes serem maioritariamente do sexo feminino. O webook Porto foi conhecer 6 expositores regulares desta iniciativa de comércio local que ajuda a divulgar as novas marcas nacionais.

UPDATE: O post foi reordenado com base nas votações dos nossos leitores. Os resultados apurados podem ser consultados no final.


O Bazar da Vanda

 

O Bazar da Vanda nasceu em fevereiro de 2009 pelas mãos de Flávia Hora numa plataforma online (Hi5) e, inicialmente, comercializava apenas itens vintage. A pouco e pouco começaram a vender os seus artigos em mercados e feiras e através do contacto direto com o cliente perceberam o que realmente pretendiam fazer relativamente ao vestuário e acessórios: artigos personalizados.


Missy M

 

A Missy M é uma marca de acessórios de bijuteria e peças de roupa com pormenores únicos, que nasceu em março de 2015, no Dia Internacional da Mulher. Usa e abusa da criatividade e dá a oportunidade aos clientes de personalizarem as peças ao seu gosto.


Brilharte Atelier

 

Associados diretamente à causa “Todos juntos pelo João”, a Brilharte nasceu em 2012 e desde ai tem crescido ao ponto de ter um espaço físico onde se desenvolvem workshops para crianças e adultos. Nas feiras de artesanato, os artigos expostos são vários: telas, roupas feitas à mão e bijuterias. Toda a receita proveniente da feira e do atelier revertem, na sua totalidade, para o pagamento das terapias do João.


Mim`us

 

A Mim`us é o reflexo de três caraterísticas de duas gerações: criatividade, sonho e experiência. O sonho de criar peças únicas à medida da exigência de cada cliente oferece a possibilidade de personalizar qualquer um dos artigos disponíveis.


Statis

 

O projeto Statis nasceu nos finais do mês de maio de 2016 e foi criado por Cristina e Maria Luís, mãe e filha. O seu objetivo, fruto de muita dedicação e empenho, é criar acessórios de moda que vão desde o minimalista ao boho.


Baúbiju

 

O Baúbiju é um projeto de peças únicas hand-made de bijuteria e acessórios que recorre à utilização de materiais como o couro, cortiça, metais, pedras semi-preciosas, sedas e peles. Destina-se aqueles que se atravem a ousar e a ser original.


[polldaddy poll=9405151]

* As votações estão encerradas.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Blog

Últimas novidades no Porto

Escola das Artes da Católica Porto organiza sessões online e visitas virtuais

De Gaia para o mundo: a Dashi tem os acessórios mais irreverentes para o seu animal

O Burguês Fidalgo estreia-se na próxima semana no Teatro Carlos Alberto

Loja da Salsa no Porto tem tecnologia que desinfecta a roupa em 30 segundos

Escritórios com um aumento de 38% no volume de ocupação no Porto

O World of Wine está quase a abrir em Gaia

Uber Eats passa a estar disponível 24h por dia no centro do Porto

Município de Gondomar tenta baixar o preço da água

Porto PianoFest está de volta em Agosto

Os eventos a não perder no Porto neste fim-de-semana!

ponte-d-luis-webook